julho 10, 2002

LLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL
Bem, acaso pode respeitar-se um pouco sequer o homem que tentou encontrar pr
vamos lá!!!!!!!!!!!!!!!!
Testando.. 1, 2, 3.....
Alô! Audio, está tudo certo aí?
Recit:
Frondi, tenere e belle
Del mio platano amato,
Per voi risplenda il fato.
Tuoni, lampi e procelle
Non v´oltraggino mai la cara pace.
Nè giunga a profanarvi austro rapace!

Aria:
Ombra mai fù
Di vegetabile
Cara ed amabile
Soave più.



Recit:
Ternos and belos galhos
De minha amada árvore sincera,
Para o seu destino brilhantemente reluz.
Trovões, relâmpagos e tempestades
Nunca perturbaram sua calma majestosa.
Ventos de rapina não se esticam para profanar você!

Aria:
Nunca houve uma sombra
De galhos
Mais doce, mais refrescante,
Ou mais gentil.

Serse, de Haendel.
Eu sei que vou te amar
(Vinicius de Moraes)

Eu sei que vou te amar
Por toda minha vida eu vou te amar
Em cada despedida eu vou te amar desesperadamente
Eu sei q vou te amar
E cada verso meu sera para te dizer que eu sei q vou te amar por toda minha vida

Eu sei que vou chorar
A cada ausencia tua vou chorar
Mas cada volta tua ha de apagar o que essa ausencia tua me causou
Eu sei que vou sofrer a eterna desventura de viver
A espera de viver ao lado teu por toda minha vida